BIBLIOTECAS DAS ESCOLAS DE MONTE GORDO/SANTO ANTÓNIO

27
Nov 09

 

Está a decorrer com grande sucesso na BECRE a actividade  "O Erro da Semana". Alunos e até funcionários participam na actividade e discutem acaloradamente a solução do problema, semana após semana.

 

 

Aqui, em baixo, temos um exemplo semanal: Questão,  arca azul para as respostas dos participantes e, no final da semana, a solução. ELEGÍVEL versus ILEGÍVEL, na frase " O nosso candidado é........."

Descubra a solução ... na solução.

 

 

publicado por bibliocentro às 11:13
sinto-me:

 

A Associação de Defesa, Reabilitação, Investigação e Promoção do Património Natural e Cultural de Cacela (ADRIP), em colaboração com o Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela / CMVRSA, volta a organizar o Mercadinho de Natal, em Cacela Velha, no dia 5 de Dezembro de 2009, entre as 10h30 às 17h30.

Neste dia encontrará à venda toda uma variedade de produtos tradicionais, artesanato, bijutaria, sabonetes naturais, especiarias e produtos de design a par de diversas actividades de animação de rua (palhaços, teatro, música, jogos tradicionais).Venha não só comprar os seus presentes de Natal únicos, como dar um pouco de si aos outros.Colabore com quem mais necessita!!!

Faça um embrulho bonito e deixe o seu presente na ADRIP a partir de dia 30 de Novembro entre as 10h e as 15h, no dia do mercadinho, debaixo da árvore de Natal ou na própria instituição. As prendas destinam-se às crianças do Centro de Acolhimento Temporário “Gente Pequena” de Vila Real de Santo António.

 

 

As crianças do Centro de Acolhimento Temporário “Gente Pequena” de Vila Real de Santo António  vão ser envolvidas na construção de uma grande Arvore de Natal com materiais reutilizados concebida pela artista plástica Ana António Gill no Centro de Cacela Velha e serão ainda os  convidados especiais no dia 5 de Dezembro, recebendo o carinho e aconchego já habituais dos mercadinhos de Cacela e dos seus participantes.


O Centro de Acolhimento Temporário “Gente Pequena” de Vila Real de Santo António é uma instituição de solidariedade social e acolhe crianças até 16 anos de idade que precisam de si. De primeira necessidade são produtos de higiene, calçado, material escolar mas bem vindos são também brinquedos, livros, roupa e tudo o resto.


 

publicado por bibliocentro às 10:26
sinto-me:

20
Nov 09

 

 

 

Comemoram-se hoje os 20 anos da aprovação da Convenção sobre os Direitos da Criança, pela Assembleia Geral das Nações Unidas. No dia 20 de Novembro de 1989. Um dia muito especial para a humanidade. "O melhor do mundo são as crianças", já o dizia, muito tempo antes, o genial poeta português, e do mundo, Fernando Pessoa.

Já ratificada  pela grande maioria dos países do mundo, e integrada nas legislações de cada um deles, é, no entanto, letra morta no que diz à sua aplicação. Direitos básicos como a alimentação, o acesso a água potável, à educação ou à saúde, são negados a milhões de crianças, nestes alvores do século XXI.

 

 

 

Fazer cumprir a Convenção é um dever de todos nós!!!

 

 

 

 

  • Em 1959 a ONU (Organização das Nações Unidas) escreveu e aprovou a "Declaração dos Direitos da Criança".

     
  • Esta declaração é composta por 10 artigos, muito simples, que dizem respeitos ao que podes fazer e ao que as pessoas responsáveis por ti devem fazer para que sejas feliz, saudável e te sintas seguro.

    (É claro que tu também tens responsabilidades para com as outras crianças e para com os adultos para que também eles gozem dos seus direitos.)

     
  • Vamos conhecer os 10 princípios da "Declaração..."?

     
  • Princípio 1º
    Toda criança será beneficiada por estes direitos, sem nenhuma discriminação de raça, cor, sexo, língua, religião, país de origem, classe social ou situação económica. Toda e qualquer criança do mundo deve ter seus direitos respeitados!

     
  • Princípio 2º
    Todas as crianças têm direito a protecção especial e a todas as facilidades e oportunidades para se desenvolver plenamente, com liberdade e dignidade. As leis deverão ter em conta os melhores interesses da criança.

     
  • Princípio 3º
    Desde o dia em que nasce, toda a criança tem direito a um nome e uma nacionalidade, ou seja, ser cidadão de um país.

     
  • Princípio 4º
    As crianças têm direito a crescer e criar-se com saúde. Para isso, as futuras mães também têm direito a cuidados especiais, para que seus filhos possam nascer saudáveis. Todas as crianças têm também direito a alimentação, habitação, recreação e assistência médica.

     
  • Princípio 5º
    Crianças com deficiência física ou mental devem receber educação e cuidados especiais exigidos pela sua condição particular. Porque elas merecem respeito como qualquer criança.

     
  • Princípio 6º
    Toda a criança deve crescer num ambiente de amor, segurança e compreensão. As crianças devem ser criadas sob o cuidado dos pais, e as mais pequenas jamais deverão separar-se da mãe, a menos que seja necessário (para bem da criança). O governo e a sociedade têm a obrigação de fornecer cuidados especiais para as crianças que não têm família nem dinheiro para viver decentemente.

     
  • Princípio 7º
    Toda a criança tem direito a receber educação primária gratuita, e também de qualidade, para que possa ter oportunidades iguais para desenvolver as suas habilidades.
    E como brincar também é uma boa maneira de aprender, as crianças também têm todo o direito de brincar e de se divertir!

     
  • Princípio 8º
    Seja numa emergência ou acidente, ou em qualquer outro caso, a criança deverá ser a primeira a receber protecção e socorro dos adultos.

     
  • Princípio 9º
    Nenhuma criança deverá sofrer por negligência (maus cuidados ou falta deles) dos responsáveis ou do governo, nem por crueldade e exploração. Não será nunca objecto de tráfico (tirada dos pais e vendida e comprada por outras pessoas).
    Nenhuma criança deverá trabalhar antes da idade mínima, nem deverá ser obrigada a fazer actividades que prejudiquem sua saúde, educação e desenvolvimento.

     
  • Princípio 10º
    A criança deverá ser protegida contra qualquer tipo de preconceito, seja de raça, religião ou posição social. Toda criança deverá crescer num ambiente de compreensão, tolerância e amizade, de paz e de fraternidade universal.


     
  • Se tudo isto for cumprido, no futuro as crianças poderão viver em sociedade como bons adultos e contribuir para que outras crianças também vivam felizes!
     

     

     

     

  • publicado por bibliocentro às 10:42
    sinto-me:

    05
    Nov 09

     

    doçaria vrsa

      

    Entre os dias 5 e 8 de Novembro, o Centro Cultural António Aleixo, em Vila Real de Santo António, vai receber a I Mostra de Doçaria Algarvia, que poderá ser visitada entre as 10h30 e as 22h00.

     

    A I Mostra de Doçaria Algarvia de Vila Real de Santo António visa a demonstração ao público da doçaria tradicional, com novas e fascinantes técnicas de pastelaria, entre elas as esculturas de chocolate, a modelagem artística em pasta de açúcar e a construção de bolos a três dimensões.

    A mostra contará com mais de vinte expositores oriundos de todo o Algarve. Alguns dos expositores realizarão trabalhos ao vivo. Está ainda prevista a realização de workshops em açúcar e chocolate.

    Ao longo dos quatro dias de exposição os alunos dos infantários, pré-escolas e 1ª ano, das escolas das três freguesias do Concelho de Vila Real de Santo António terão a possibilidade de interagir com os escultores e com todos os produtos utilizados na confecção dos bolos, brincar e provar os diferentes chocolates.

    Um dos pontos altos será a exposição de uma escultura em chocolate do Marquês de Pombal, em dimensões reais.

     

    O evento é uma organização da cakedesigner Paula Costa e do formador Osvaldo Piuza, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António.

     

    (texto retirado do site da CMVRSA)

     

     

     

     

    E Ainda:

    Workshop de chocolates - Sábado, 14 de Novembro 2009

    O restaurante/Bar “Casa Azul “com a colaboração do Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela organiza no dia 14 de Novembro das 9h30 às 12h30 o Workshop de Chocolates - Envolva os sabores do Algarve num bombom!

    O chocolate poderia chamar-se “o obscuro objecto do desejo”, uma vez que são poucos os que conseguem resistir-lhe. Nada melhor que aliar esta “tentação” a alguns dos sabores da região algarvia: amêndoa, laranja, limão, figo, tâmara, noz e coentros.Venha aprender a a temperar o chocolate, fazer bombons caseiros e a decorá-los.Para além da confecção e da sua degustação os participantes levarão consigo um livro de receitas e uma caixa de bombons.

    (texto retirado do blogue do Centor de Investigação e Informação de Cacela)

    publicado por bibliocentro às 11:03
    sinto-me:

    Novembro 2009
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7

    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14

    15
    16
    17
    18
    19
    21

    22
    23
    24
    25
    26
    28

    29
    30


    logotipo
    à procura do tempo perdido
    António Aleixo
    E vós que do vosso império prometeis um mundo novo calai-vos que pode o povo q`rer um mundo novo a sério.
    visitas
    subscrever feeds
    mais sobre mim
    pesquisar
     
    blogs SAPO