BIBLIOTECAS DAS ESCOLAS DE MONTE GORDO/SANTO ANTÓNIO

22
Jan 13

        Os meninos do Jardim de Infância (sala 11) e da IPSS "A Cegonha" estiveram na Biblioteca para mais uma "Hora do Conto", proporcionada pela Biblioteca Vicente Campinas, que hoje trouxe uma história tradicional portuguesa, recontada por Alice Vieira: "O Coelhinho Branquinho e a Formiga Rabiga".

        Foi com atenção e encantamento que os meninos acompanharam o problema do Coelhinho Branco e a coragem de uma formiga capaz de lutar contra uma cabra montês. Nem sempre os grandes vencem neste mundo…

 

 

publicado por bibliocentro às 12:00
sinto-me:

14
Jan 13


Parabéns aos vencedores e a todos os participantes!
publicado por bibliocentro às 12:26
sinto-me:

08
Jan 13

        Hoje, em dia de "Hora do Conto", os meninos do Jardim de Infância e da IPSS "A Cegonha" deliciaram-se com a história tradicional "O Coelho Branco e a Formiga Rabiga", recontada por Alice Vieira e contada pela Mariana Pinheiro da Biblioteca Municipal Vicente Campinas.

 

 


Era uma vez, um coelhinho branco que vivia na sua toca muito confortável.
Estava a fazer o seu almoço e decidiu ir colher umas couvitas na sua horta. Porém, quando voltou para casa, a porta estava fechada. Estava a empurrar a porta quando ouviu de lá de dentro...

- Quem é? Quem está aí?

- Eu sou o coelhinho branco. Fui à horta buscar uma couve para fazer um caldinho...

- E eu sou a cabra cabrês, que te salto em cima e te faço em três!

O coelhinho ficou muito assustado e foi pedir ajuda aos amigos.
Encontrou o boi, o cão e o galo mas nenhum ousou enfrentar a cabra cabrês.
Uma formiga que passava perguntou ao coelhinho branco:

- Porque estás tão triste?

- Fui à horta buscar uma couve para fazer um caldinho... e quando voltei a casa, não pude entrar, estava lá a cabra cabrês que disse: eu sou a cabra cabrês, que te salto em cima e te faço em três!

- O quê? eu vou ajudar-te!

E lá foram até à casa do coelhinho branco... Bateram à porta e:

- Quem é? Quem está aí?

- Eu sou o coelhinho branco. Fui à horta buscar uma couve para fazer um caldinho...

- E eu sou a cabra cabrês, que te salto em cima e te faço em três!

A formiga ficou muito irritada!

- E eu sou a formiga rabiga, que te salto em cima e te furo a barriga!
Depois, entrou pela fechadura e passados uns minutos a cabra cabrês saiu a correr, com o medo que teve da corajosa formiga! E o coelhinho branco pode voltar para a sua casinha...

 

publicado por bibliocentro às 09:42
sinto-me:

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


logotipo
à procura do tempo perdido
António Aleixo
E vós que do vosso império prometeis um mundo novo calai-vos que pode o povo q`rer um mundo novo a sério.
visitas
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO