BIBLIOTECAS DAS ESCOLAS DE MONTE GORDO/SANTO ANTÓNIO

27
Mai 14

        Em dia de mais uma "Hora do Conto" proporcionada pela Biblioteca Vicente Campinas, os meninos do JI S11 e um grupo da IPSS "A Cegonha", entre o riso e a atenção, deliciaram-se com o conto popular "Grão de Milho", recriado por Olalla González e ilustrado por Marc Taeger.      

         Nesta história de um menino tão pequeno quanto um grão, a baixa estatura do protagonista não impede a sua grandeza de coração e inteligência.

 

 Ler em: http://issuu.com/kalandraka.com/docs/grao-de-milho-pt/7?e=4311459/1064117

 

 

 

 

publicado por bibliocentro às 15:08
sinto-me:

22
Mai 14

        Nas aulas de Artes Visuais, sob orientação da Professora Isabel Silva, os alunos do 8.º E e F desenvolveram composições apenas com o uso de pontos e linhas, cujo bonito resultado se encontra em exposição na nossa Biblioteca.

        Aparece e aprecia!

 

publicado por bibliocentro às 10:01
sinto-me:

20
Mai 14

        Na "Hora do Conto" de hoje, os meninos do JI 10 e da IPSS "A Cegonha" ouviram com muita atenção e divertimento a história "Grão de Milho", um conto popular recriado por Olalla González, ilustrado por Marc Taeger e hoje contado pela Margarida Gomes, da Biblioteca  Municipal Vicente campinas.

       

        Esta é a história de um menino tão pequeno quanto um grão e, por isso, os seus pais deram-lhe o nome de Grão de Milho. Ele adora ajudar a sua mãe, é forte e sabe muito bem resolver os problemas que surgem no quotidiano, apesar de ser tão pequenino. ..

 

 

 

 

 

Ler em: http://issuu.com/kalandraka.com/docs/grao-de-milho-pt/7?e=4311459/1064117

 

publicado por bibliocentro às 12:13
sinto-me:

09
Mai 14

        Em exposição na nossa Biblioteca, podemos apreciar as fantásticas maquetes realizadas pelos alunos do 8.ºE e F nas aulas de Ciências Naturais, com base no estudo e pesquisa realizados sobre Biodiversidade Florestal, sob orientação do Professor ARTUR ALEIXO.

          Aparece, aprecia e aprende!

 

 

        Nas últimas décadas, as preocupações sociais e ambientais relativas aos ecossistemas do planeta e em particular à gestão das florestas mundiais, provocaram alterações significativas na percepção do papel das florestas. Em consequência, a gestão florestal sustentável é hoje considerada uma componente fundamental do desenvolvimento sustentável global, sendo normalmente entendida como a administração e o uso das florestas de uma forma e a um ritmo, que mantenham as suas biodiversidade, produtividade, capacidade de regeneração, vitalidade e potencial para realizar, no presente e no futuro, funções ecológicas, económicas e sociais relevantes aos níveis local, regional e global, não causando danos a outros ecossistemas.

        No caso particular português, enfrenta-se actualmente um dos maiores perigos no que à biodiversidade florestal diz respeito, resultante da aposta em monoculturas de pinheiro e eucalipto. Este facto tem resultado na diminuição drástica das áreas florestais autóctones, com resultados catastróficos na redução da biodiversidade, na destruição de habitats, na degradação dos solos e no aumento da velocidade de propagação dos incêndios florestais.

        Em termos de sustentabilidade e riqueza de recursos esta é uma solução débil e que enfraquecerá a nossa capacidade de responder aos desafios do futuro.

 

 

publicado por bibliocentro às 11:20
sinto-me:

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
23
24

25
26
28
29
30
31


logotipo
à procura do tempo perdido
António Aleixo
E vós que do vosso império prometeis um mundo novo calai-vos que pode o povo q`rer um mundo novo a sério.
visitas
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO