BIBLIOTECAS DAS ESCOLAS DE MONTE GORDO/SANTO ANTÓNIO

16
Mar 16

Como já é de tradição na nossa escola, a Semana da Leitura atinge o seu auge com a homenagem aos melhores leitores, que é realizada em ambiente de verdadeira festa: entre a leitura de poemas e contos, momentos musicais e dança, os melhores leitores do 2.º e 3.º ciclo receberam diplomas e livros perante uma plateia entusiasta e numerosa.

DSC06013.JPGDSC06011.JPG

A festa começou com a leitura de contos e poemas por alunos do 5.ºH, 5.ºI e 5.ºJ, preparados pela Professora M.ª José Pedro.

 DSC06016.JPG

Alunas do 5.ºH leram "As Estações", de Olavo Bilac, "Brinquedo", de Miguel Torga e um conto inédito da Mariana Brito.

 Cópia de DSC06017.JPG

 Alunos do 5.ºI leram "A Girafa" e "O cão novo e a perdiz velha", de Leonel Neves.

 DSC06019.JPG

 O Hugo Reis leu um conto seu.

 DSC06021.JPG

O David Ferreira leu um conto seu.

 DSC06031.JPG

 

DSC06032.JPG

  Alunos do 5.ºJ leram  "O Elefante", de leonel Neves, "Meninos de todas as cores" e "Tudo ao contrário", de Luísa Ducla Soares.

DSC06025 (2).JPG

Os melhores leitores receberam diplomas, livros e palmas.

 

A Ana Margarida Fernandes, a Margarida Rocha (voz) e o João Pedro Botequilha (guitarra), do 8.ºE, proporcionaram um bonito momento musical, com "Tu e eu", "Volta", de Diogo Piçarra, e "Dear future husband", de Megan Trainor.

 O final vibrante foi da responsabilidade da Maria Botequilha (7.ºH), Martina Nené, Andreia Achim (7.ºG), Beatriz Lopes (6.ºH), Lúcia Fernandes (5.ºJ), Miriam Rodrigues, Inês Botequilha, Maria Fernandes, Marta Fernandes e Mariana Brito (5.ºH), que dançaram "Whatch me nae nae" de Salénto.

 

Um agradecimento especial à Coordenadora de Escola, Margarida Torres, e ao Professor José Rosa, cujo apoio logístico foi imprescindível para a organização, preparação e concretização da festa.

DSC06023.JPG

 

 

 

publicado por bibliocentro às 13:47

Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


logotipo
à procura do tempo perdido
António Aleixo
E vós que do vosso império prometeis um mundo novo calai-vos que pode o povo q`rer um mundo novo a sério.
visitas
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO